sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Alinguagem

Começar,
Fontes nas horas perdidas horas nas fontes;
Horas de fontes perdidas fontes de horas;
Noto tudo neste abismo neste tudo noto.

As Fontes: verdadeiro ou falso;
As Horas: números;
O Abismo: números;
O Abismo = a 0+14.

Começar,
Se as Fontes são > do que verdadeiro então
Começar as Horas = a 7.
Escrever (Fontes (Horas +1)).
Fim,
Fim.

Começar,
Se as Fontes são = a falso então
Começar as Horas = a 0.
Escrever (Fontes (Horas -1)).
Fim,
Fim.

O Espelho: números.

Começar,
Enquanto o Abismo é = a 100 fazer
Começar,
Escrever caminhar +1.
Fim,
Fim.

Começar,
Enquanto o Abismo é = a -1 fazer
Começar,
Escrever amar + sofrer > do que verdadeiro.
Fim,
Fim.

Ler (Fontes);
Escrever (Espelho x ∞).

Fim.


Não entra (n)a cabeça

Estar a dormir é um movimento,
Uma entrada num túnel luzidio,
Estar a dormir é uma conversa,
Uma conversa que se fuma sozinho.

Estar acordado é um barco quieto,
Uma quietude debaixo de pontes,
Estar acordado é uma soma,
Uma soma em que não há copiar.

Estar a sonhar é uma saia ao vento,
Um salto com molas espetadas no nariz,
Estar a sonhar é um poço,
Um poço em que as águas são música.



Iremos ver

Iremos sempre explodir
Uma bomba nuclear
No espaço sideral
Queimará Marte
Iremos ver
Um cogumelo estrelado
Iremos ver o cosmos
Sem qualquer Arte
Vo(lu)mitado